fbpx

5 possíveis causas para o seu mau hálito

Você sofre com o mau hálito? Conheça algumas causas desse problema 

Definitivamente, o mau hálito gera um incômodo muito grande, tanto para quem sofre desse mal quanto para as pessoas que estão à sua volta – podendo até resultar constrangimento em ambientes sociais. 

Saber o que causa da halitose, esse odor ruim, é essencial para saber qual é a melhor forma de tratar estre problema, manter a saúde bucal em dia e melhorar a autoestima do paciente. 

Selecionamos então 5 possíveis motivos para o mau hálito: 

  1. Consumo de alguns alimentos: o consumo de alimentos como cebola, alho e algumas especiarias podem colaborar para o mau hálito. Isso acontece devido aos restos de comida que ficam na boca após a refeição e podem facilitar a proliferação de bactérias. 
  1. Boca seca: a pouca produção de saliva pode fazer com que as partículas de alimentos permaneçam na boca e, consequentemente, gerem o odor ruim. 
  1. Tabagismo: cigarros, charutos e outros produtos de tabaco deixar um odor muito forte, então é melhor evitar! Isso sem contar que o tabagismo aumenta o risco do câncer de boca. 
  1. Condições médicas pré-existentes: inflamação nos seios nasais, nos pulmões, na garganta ou infecções respiratórias são algumas condições que podem levar ao mau hálito, devido à secreção liberada pelo nariz e pela boca. Doenças no fígado, nos rins e diabetes também podem causar a halitose. 
  1.  Higiene oral ruim: deixar de escovar os dentes, de passar o fio dental ou de limpar a língua são coisas que nunca podem acontecer! Porque assim você deixa que o restinho de comida permaneça na sua boca, e é a decomposição bacteriana desses alimentos que vai causar o mau hálito. 

Como combater o mau hálito 

O cuidado no dia a dia é essencial. Use o fio dental, escove os dentes, limpe a língua ao menos quatro vezes por dia. Além disso, consulte um profissional regularmente e, caso seja necessário, ele poderá indicar um creme dentel ou enxaguante bucal específico para evitar o mau odor. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha o formulário ou clique no botão abaixo para falar conosco!